Meio Ambiente

Resíduos Sólidos

Saiba Mais

Os resíduos sólidos são todos os restos sólidos ou semissólidos das atividades humanas ou não-humanas, que resultam de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e de varrição. Até algum tempo atrás (e em alguns lugares você ainda irá encontrar essa definição), os resíduos eram definidos como algo que não apresentava utilidade e nem valor comercial. No entanto, este conceito mudou. Atualmente a maior parte desses materiais pode ser aproveitada para algum outro fim, seja de forma direta, como, por exemplo, as aparas de embalagens laminadas descartadas pelas indústrias e utilizadas para confecção de placas e compensados, ou de forma indireta, por exemplo, como combustível para geração de energia que é usada em diversos processos.

Abaixo temos um gráfico do Resultado final da caracterização gravimétrica dos Resíduos Sólidos da Estância Turística de Olímpia. Essa caracterização determinou qual a porcentagem de cada tipo de resíduo no montante coletado pela coleta regular domiciliar de lixo que é realizada no município.



A Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/10, tem como objetivo evitar e prevenir a geração de resíduos sólidos. O projeto basicamente promove uma cultura sustentável aumentando a reciclagem, reutilização e fins adequados aos resíduos sólidos onde a responsabilidade deste processo é atribuída como sendo desde o governo até aos fabricantes, comerciantes e consumidores. É a chamada responsabilidade compartilhada, isso significa que não podemos ficar de braços cruzados esperando uma solução. Devemos cobrar das empresas e do governo as medidas previstas na lei, além de fazer a nossa parte. Dentre as exigências previstas na lei, podemos destacar a extinção dos “lixões” no Brasil até 2014, a disposição final ambientalmente adequada somente dos rejeitos (resíduos que não podem ser reutilizados, reciclados, etc.) em aterros; a proibição da catação, criação de animais e instalação de moradia nos aterros.

Os princípios da PNRS são:
- A prevenção e a precaução;
- O princípio do poluidor-pagador e do protetor-recebedor;
- O desenvolvimento Sustentável;
- A eco eficiência;
- A responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos.

Classificação e Tipos de Resíduos Sólidos
Os resíduos sólidos podem ser classificados de acordo com a origem, tipo de resíduo, composição química e periculosidade.

Você sabe o que são os 5Rs?



Vamos conhecer algumas atitudes que devemos tomar para ajudar o planeta?
É tão importante preservar a natureza, que foram estabelecidas 5 atitudes que devemos tomar para ajudar na conservação do planeta e, assim, melhorar nossa qualidade de vida. Essas atitudes estão resumidas em 5 palavras que começam com a letra ‘’R’’:

Repensar - Antes de comprar qualquer produto você deve se perguntar se realmente existe a necessidade de comprar, pois quanto mais compramos mais lixo produzimos. Havendo realmente a necessidade desse produto, pense o quanto ele pode agredir o meio ambiente, vendo se ele é feito de uma material que pode ser reciclado ou reutilizado.

Recusar - Nem sempre os produtos que vamos comprar são bons para o meio ambiente e para a nossa saúde, por isso recuse aqueles que podem prejudicar a natureza de alguma forma, desde a fabricação até o momento em que fazemos o descarte no lixo. por exemplo: recuse os produtos que utilizem mais de uma embalagem; se o produto derivado de madeira, como papel, lápis, escolha aquele em que o fabricante faça reflorestamento para não acabar com as nossas florestas.

Reduzir - Essa atitude também é bastante importante. O tempo todo estamos realizando o consumo, seja se alimentando, tomando água ou utilizando a energia elétrica para ligar algum aparelho. Também realizamos consumo desnecessário quando compramos algum produto que não sabemos se realmente vamos utilizar. Por isso devemos reduzir a compra não só de produtos de pouca importância, Mas como todos os outros produtos, assim evitando o desperdício e reduzindo a quantidade de lixo a ser descartado.

Reutilizar - Para que possamos reduzir o consumo, uma das principais formas é reutilizar produtos e embalagens que já foram comprados. Essa reutilização pode ser através de criação de artesanato com materiais que seriam descartados, como garrafas PET e latinhas de alumínio. Reutilizando mais as pessoas vão comprar menos, fazendo com que menos produtos sejam fabricados e, assim menos lixo irá parar na natureza.

Reciclar - O processo de reciclagem ajuda não só na redução da retirada da matéria prima da natureza, como ajuda, também com a geração de empregos na usinas de reciclagens. Após você utilizar os 4Rs acima (repensar, recusar, reduzir e reutilizar), alguns materiais que sobraram do seu consumo e viraram lixo devem ser reciclados, papéis, metais, vidros, pilhas, e produtos eletrônicos da matéria orgânica (resto de alimentos e madeira).

Mudança de Hábito!
Reduza seus resíduos, recicle e ainda contribua com o meio ambiente!

Uma iniciativa bastante simples para lidar com os resíduos gerados é reduzi-los. Compre o necessário para o bem-estar, sem exageros. Informe-se sobre a origem dos produtos e seus impactos. Evite empacotamentos desnecessários, levando sua própria sacola de compras. Prefira produtos com embalagens retornáveis ou recicláveis. Evite produtos descartáveis. Compre sempre produtos duráveis e resistentes. Estimule a educação sobre o consumo consciente para filhos e/ou outras crianças da família. Reutilize! Restaure e conserve, antes de jogar fora. Promova a troca solidária ou doe o que já não se usa mais. Separe sacolas, sacos de papel, vidros, caixas de ovos, caixas de papelão e papel de embrulho que podem ser reutilizados. Não jogue no lixo aparelhos quebrados: eles podem ser vendidos ao ferro velho ou desmontados, reaproveitando-se as peças. Recicle ou destine para a reciclagem. O objetivo principal é fazer com que os resíduos transformem-se novamente em matéria-prima, poupando recursos naturais. No caso do papel, esse processo pode ser repetido por até 10 vezes.

Você sabia que 50 kg de papel usado e posteriormente reciclado poupa o corte de uma árvore?
Acesse a Lei nº 12.305/10 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e aprenda mais sobre os direitos e deveres que devemos adotar quanto aos resíduos sólidos!

Clique Aqui Política Resíduos Sólidos
Clique Aqui Política Nacional Resíduos Sólidos

Compartilhe

Economize Água! Ela pode acabar!