Notícias

Daemo aplica larvicida biológico nas lagoas de Ribeiro dos Santos e Baguaçu - DAEMO Ambiental - Olimpia-SP

Daemo aplica larvicida biológico nas lagoas de Ribeiro dos Santos e Baguaçu

A Daemo Ambiental está aplicando nas lagoas de tratamento de esgoto dos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu o larvicida biológico. O objetivo é matar as larvas de pernilongo, dos estágios T1-T3. A última vez que o produto foi aplicado foi em 2015. Em Ribeiro, o produto foi aplicado no dia 23 de outubro e em Baguaçu será nesta próxima semana.

O larvicida biológico é feito à base de esporos da bactéria Bacillus sphaericus, bactéria de ocorrência natural que, ao ser ingerida pelas larvas do pernilongo (Culex quinquefasciatus), produz uma proteína em forma de cristal que rompe o intestino das larvas causando a sua morte entre 24 e 48 horas. O larvicida biológico tem um mecanismo de ação mais intricado do que o larvicida químico, por isso dificilmente haverá o surgimento de larvas resistentes à sua ação ao contrário do que ocorre com o químico, que pode se tornar ineficaz ao longo do tempo.

O produto, que pode ser aplicado a cada 20 dias, não ataca os mosquitos, somente as larvas. Mosquitos adultos somente serão exterminados com inseticida. O que o larvicida faz é interromper o desenvolvimento das larvas e o nascimento de novos mosquitos. Os mosquitos adultos tendem a desaparecer já que as larvas que nascem não conseguirão chegar a se tornar mosquitos.

O larvicida somente é eficaz no criadouro onde foi aplicado, isto é, nas lagoas de tratamento de esgoto. Por isso é importante que a população mantenha seu quintal sem recipientes que possam reter água parada. Lembrando que o pernilongo gosta de água suja para botar seus ovos ao contrário do mosquito da Dengue que prefere água limpa.

Economize Água! Ela pode acabar!

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites