Notícias

Daemo, Saúde e Educação participam de curso sobre cuidados com animais - DAEMO Ambiental - Olímpia-SP

Daemo, Saúde e Educação participam de curso sobre cuidados com animais

Profissionais da Daemo Ambiental, da Vigilância Sanitária e da secretaria de Educação da Estância Turística de Olímpia participaram recentemente do curso “5 chaves para evitar mordida”. O curso, direcionado aos interlocutores do Programa Município VerdeAzul, professores e agentes de saúde, foi oferecido pelas Prefeituras de Embaúba e Paraíso.

A palestra foi ministrada pela médica veterinária da Organização World Animal Protection – WAP, Dra. Rosângela Ribeiro. O evento foi realizado na Câmara Municipal de Embaúba.

Olímpia foi representada pela suplente da interlocutora do Programa Município VerdeAzul, a engenheira agrônoma e gestora ambiental Camila Valente Furquim Vicente, pela assessora estratégica da Daemo Ambiental, Maria de Lourdes Bertin Ignácio, pelo coordenador pedagógico da secretaria de Educação, Wadão Marques Silva e por dois agentes da saúde da secretaria de Saúde, o chefe do setor de Vigilância Sanitária, Ednei Aparecido Queiroz e o fiscal sanitário, Evandro Victorello.  

“Na parte da saúde foi abordada a raiva, uma doença letal que os cães podem transmitir se eles estiverem doentes e morderem as pessoas, enfatizando que todos os cães devem ser vacinados contra a raiva todos os anos. Na parte ambiental, foi frisada a importância da guarda responsável, em que os cães e os gatos devem estar com seus tutores presos à guia para evitar acidentes como o ataque com mordeduras, a abertura de lixo nas vias públicas e o contato com os animais silvestres. Na parte pedagógica, recebemos orientações sobre como ensinar as crianças a perceberem as situações em que os cães podem avançar e morder como, por exemplo, quando os cães estão se alimentando ou quando eles estão presos ou assustados”, informou Camila Furquim.

Para diminuir o número de cães abandonados e os maus-tratos de animais domésticos, a Daemo Ambiental iniciou os trabalhos de conscientização sobre a guarda responsável. “Cães e gatos podem ser excelentes companheiros. Eles gostam do convívio com as pessoas, de passeios e diversão, porém, cuidar de um animal exige responsabilidade e dedicação. Por isso, antes de decidir ter um novo amigo, saiba que seu estilo de vida vai mudar, que é preciso tempo livre para passear com o animal e que todos os moradores da casa devem estar de acordo”, ressaltou Maria de Lourdes.

A guarda responsável é aquela em que algumas regras básicas são seguidas, de forma a se garantir a saúde, a segurança e o conforto dos animais como: ao decidir-se por acolher um animal, tenha em mente que ele viverá cerca de doze anos, ou mais, e que necessitará de seus cuidados, independentemente das mudanças que sua vida venha a sofrer no decorrer desse período; prefira sempre adotar a comprar um animal; certifique-se de que poderá cuidar do animal durante o período de férias e no decorrer de feriados; escolha o animal que possua características de comportamento e de tamanho condizentes com o espaço de que dispõe e com os seus próprios hábitos; vaciná-lo, anualmente, contra raiva, a partir dos quatro meses de idade e contra as demais doenças (vacina V8), a partir dos 60 dias de vida; não abandoná-lo em caso de doença, de idade avançada, de viagem, de agressividade ou de outra hipótese; proporcionar-lhe alimentação adequada à espécie, entre outras regras.

Compartilhe

Economize Água! Ela pode acabar!