Notícias

Cadastro para castração agora pode ser feito na Daemo Ambiental - DAEMO Ambiental - Olimpia-SP

Cadastro para castração agora pode ser feito na Daemo Ambiental

As famílias de baixa renda interessadas em castrar seus animais agora poderão fazer o cadastro diretamente na sede da Daemo Ambiental. Os interessados devem procurar a sede da autarquia, localizada na Avenida Harry Gianecchini, 350, no Jardim Toledo, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. 

Para o cadastro, o proprietário do animal deverá apresentar o RG, CPF, comprovante de residência e o número do NIS (Número de Identificação Social) válido para comprovar a baixa renda. Após o cadastro, será realizada uma vistoria pelo médico veterinário responsável para conhecer o animal e verificar as condições para a castração.

A Daemo Ambiental percorreu três regiões da cidade para cadastrar as famílias, Jardim Luiza, Santa Ifigênia e São José, além dos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu. Foram realizados 140 cadastros, totalizando 250 animais, entre cachorras e gatas. A castração teve início na última semana e o procedimento já foi realizado em 80 animais.

Uma das contempladas com a castração dos seus animais é a Senhorinha Ana Paes Mota, que mora no Jardim Alvorada. “Esse projeto da castração é excelente, pois é muito importante cuidar dos animais. O processo cirúrgico foi muito bom, a recuperação foi rápida e os animais não sofreram. Eu castrei minhas duas gatas. A Daemo está de parabéns por essa ação”, disse.

Além da castração, como parte das metas da Daemo Ambiental para implantar políticas e programas de gestão de animais de pequeno porte, a autarquia adquiriu microchips, sistema eletrônico de identificação de animais. Após o procedimento cirúrgico, o animal já recebe o mcirochip, que é formado por duas partes: uma é o microchip em si e a outra é a cápsula que o envolve. Ela é feita de um vidro biocompatível (não provoca alergias) e é tão pequeno quanto um grão de arroz.

“A Daemo Ambiental tem como meta implementar novas políticas e programas de gestão de animais de pequeno porte. O processo de castração está sendo executado de forma organizada e cuidadosa para garantir um bom atendimento aos moradores e, principalmente, aos animais. Também vamos iniciar a licitação para a construção de um novo Centro de Acolhimento Animal que contará ainda com uma Clínica Veterinária Popular. Temos atuado fortemente na causa animal, buscando melhorar os serviços e também a estrutura”, salienta o superintendente da Daemo Ambiental, Guto Gianotto.

Economize Água! Ela pode acabar!