Notícias

Daemo assina contrato para obras de interligações hidráulicas da Zona Leste - DAEMO Ambiental - Olimpia-SP

Daemo assina contrato para obras de interligações hidráulicas da Zona Leste

Para sanar de vez os problemas com falta d’água nos bairros da região leste da Estância Turística de Olímpia, a Daemo Ambiental assinou nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, o contrato para a execução das obras de interligações hidráulicas reservatórios do Viva Olímpia. O ato de assinatura contou com a presença do prefeito Fernando Cunha, a superintendente da Daemo, Tina Riscali, colaboradores da Daemo e representantes da empresa.

No total, serão investidos cerca de R$ 500 mil em recursos próprios. A empresa responsável pela obra é a Amaralina Construções e Empreendimentos LTDA, da cidade de Marília. O prazo para a conclusão da obra é de três meses.

Na obra, serão construídas novas redes de adução e distribuição, casa de dosagem de cloro e flúor e casa de bombas do reservatório novo de 1.500 metros cúbicos, que foi finalizado neste mês de novembro, e o reservatório existente de 500 metros cúbicos no bairro Viva Olímpia. Os bairros beneficiados com as interligações são Cisoto, Harmonia, Morada Verde, Jardim Paulista, São Domingos, Viva Olímpia, parte do Jardim Leonor e parte do Menina Moça 1 e 2.

O objetivo é aumentar a capacidade de reserva de água com a criação de um novo distrito de medição e controle, abrangendo sistemas que estão com problemas no abastecimento, possibilitando também a setorização desse novo sistema com a instalação de registros de manobras.  

A caixa existente, de 500 metros cúbicos, será utilizada para alimentar a região que será intitulada “zona alta”, devido à altura de 22 metros da sua coluna d’água em relação ao nível do solo. Já o novo reservatório metálico, 1.500 metros cúbicos, será utilizado para alimentar a “zona baixa” devido à altura de sua coluna d’água, que é de 15 metros em relação ao nível do solo.

“Vamos unificar todos os poços dos sistemas e levar até o novo reservatório. Ele vai recalcar no reservatório de 500 metros cúbicos, que tem uma altura de coluna d’água suficiente para abastecer a parte alta do bairro, e tudo setorizado, com instalação do registro, para que o apoiado abasteça a parte baixa do bairro garantindo as pressões que preconiza a lei”, disse o engenheiro da Daemo Ambiental, Paulo Dodi.

Para a execução da obra, serão necessárias intervenções nas ruas e avenidas dos bairros. “Essa é uma obra importante para o nosso município. Pedimos a paciência da população, pois vamos precisar cortar as ruas para a passagem dos tubos. Porém, a obra é necessária para garantir o abastecimento de toda população da região leste da cidade e sanar os problemas com falta d’água”, disse a superintendente da Daemo Ambiental, Tina Riscali.

Economize Água! Ela pode acabar!

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites