Notícias

Semana do Meio Ambiente discute arborização, resíduos sólidos e recursos hídrico - DAEMO Ambiental - Olimpia-SP

Semana do Meio Ambiente discute arborização, resíduos sólidos e recursos hídrico

Com o objetivo de promover a reflexão e a conscientização para a preservação do meio ambiente, por meio de um desenvolvimento sustentável, o Thermas dos Laranjais, em parceria com a Daemo Ambiental e Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, realizou a Semana do Meio Ambiente, entre os dias 2 e 4 de julho.

Na abertura do evento, o diretor social do Thermas e secretário Municipal de Turismo, Selim Jamil Murad e o vice-presidente, arquiteto Jorge Noronha, colocaram aos presentes a preocupação do Thermas em continuar crescendo, sempre com novas atrações, necessárias ao fomento da economia local, mas focando e trabalhando para alcançar o chamado desenvolvimento sustentável. Também foi exibido um vídeo mostrando as atividades que vêm sendo desenvolvidas pelo parque, como reaproveitamento da água usada nas atrações e a utilização de energia solar.

O prefeito Fernando Cunha ressaltou a importância do Parque Aquático na economia de Olímpia, enaltecendo o trabalho do presidente Benito Benatti e do vice Jorge Noronha, responsáveis pela implantação das mais de 50 atrações e pelo próprio parque que considera a mola propulsora do turismo local. Também destacou a importância do evento para trabalhar a conscientização de que o desenvolvimento não pode acontecer sem a preocupação com a preservação do Meio Ambiente.

O superintendente da Daemo Ambiental, Guto Gianotto, destacou as atividades da autarquia, cujas funções estão diretamente ligadas à própria preservação. Além disso, explicou sobre as obras realizadas para resolver os problemas crônicos de fornecimento de água, tratamento de esgoto e o recolhimento de materiais tóxicos com o Ecoponto.

O primeiro dia do evento mostrou a importância da árvore para a vida nas cidades. O tema abordado foi a vegetação em ambientes urbanos. A engenheira ambiental da Daemo, Pollyana Rodero Fernandes e a professora doutora Valéria Stranghetti explicaram a necessidade da arborização de maneira correta no ambiente urbano para melhorar o próprio ambiente, a diferença entre palmeiras, arbustos e árvores e o melhor para a área urbana, principalmente nos passeios públicos, além das precauções para plantar uma árvore.

Já o segundo dia trabalhou a reflexão, por meio de encenação teatral e palestras, sobre a responsabilidade de todos pelo descarte do lixo produzido nas residências. O tema abordado foi “Resíduos Sólidos – O Desafio na Gestão Urbana”, com palestras da engenheira Pollyana Rodero Fernandes e do professor coordenador do curso de Ciências Biológicas da Unip, campus de Rio Preto, Augusto Azevedo da Silva.

Durante o encontro, o professor Augusto enfatizou a importância da conscientização de que todos são responsáveis direta ou indiretamente no processo de destinação dos resíduos sólidos (e pagam por ela), mostrando o que diz a legislação atual sobre cada uma das partes envolvidas: população, indústrias e poder público.

A encenação ficou por conta dos atores Malu Oliveira e Davison Miranda, da Ativa Sipat – Teatro Corporativo, mostrando dois humanos que voltam de 2098 para os dias atuais e contam como estaria o planeta em seu tempo.

E para encerrar a Semana do Meio Ambiente, no último dia o tema abordado foi “Gestão de Recursos Hídricos”. A engenheira ambiental Pollyana Rodero Fernandes, além de trabalhar o público presente para a necessidade de preservação da água que é utilizada, também relatou todos os projetos que vêm sendo desenvolvidos pela Daemo Ambiental para poder, no próximo ano, dotar a cidade de um sistema de tratamento e distribuição de água e de tratamento de esgoto que atendam com qualidade toda população.

A engenheira também mostrou todos os programas desenvolvidos para conscientizar os munícipes a adotarem práticas simples que levem a chamada sustentabilidade ambiental. Ao final do evento, também foi reproduzida a encenação teatral sobre as condições do planeta no futuro sem adotar as medidas de preservação do meio ambiente.

Economize Água! Ela pode acabar!