Ir para o conteúdo

DAEMO e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
DAEMO
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
19
19 AGO 2021
Estação de Tratamento de Esgoto recebe licença definitiva de operação
enviar para um amigo
receba notícias
A Estação de Tratamento de Esgoto “Olhos D’Água” está recebendo a licença definitiva de operação, com 100% do esgoto tratado. Para marcar o processo de despoluição do Córrego Olhos D’Água, a Prefeitura da Estância Turística de Olímpia e a Daemo Ambiental realizarão neste sábado, 21 de agosto, a soltura de alevinos e plantio de árvores.

A atividade será realizada nas margens do córrego, próximo ao emissário final da ETE, onde a água tratada é devolvida ao rio. Inicialmente, 3 mil alevinos serão colocados, trazendo vida ao local, que estava contaminado devido ao lançamento do esgoto in natura. O evento contará com a participação do prefeito Fernando Cunha, de membros de clubes de serviço de Olímpia, como Rotary Club de Olímpia Integração, com o projeto “Rio Vivo”, além dos colaboradores da secretaria de Zeladoria e Meio Ambiente, Daemo Ambiental, demais secretários municipais e vereadores.

A Estação de Tratamento de Esgoto é considerada a maior obra de saneamento da história da cidade. Entregue oficialmente no final de 2019, a ETE passou por processo biológico, em que os microrganismos foram formados para consumir e degradar a matéria orgânica, além de formalização dos trâmites legais necessários para a operação, como a liberação da CETESB e a outorga que autoriza o município a devolver o esgoto tratado ao Córrego Olhos D’Água.

Agora, o equipamento trata 100% do esgoto recebido, com eficiência de quase 90%, acima do que pede a legislação, o que representa regularidade ambiental da estação e compromisso com meio ambiente e órgãos ambientais.
A ETE, cujo investimento foi de R$ 28 milhões, permite a retirada de aproximadamente 10 milhões de litros de esgoto por dia do córrego, beneficiando toda a população da cidade e da região, bem como as bacias hidrográficas dos rios Turvo e Grande.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia